Vlogs são a maneira mais prática e didática de se falar com seu público. Nestes vídeos você pode olhar dentro da alma de seus fãs e falar de tudo que tiver interesse, além de conquistar seguidores. Aqui vai uma lista dos vlogs geeks mais bacanudos da internet:

Feminist Frequency

Existe um mito de que as feministas são mulheres incapazes de gostar das coisas. Anita Sarkeesian é uma das várias jovens que prova que isso é uma mentira. Essa geek tem um olhar muito crítico e preciso para pop culture e mostra que você pode amar até mesmo a mais problemática das obras.

Além dos vídeos onde fala separadamente dos pontos negativos e positivos de seus shows favoritos, Anita também tem uma série que trata sobre os estereótipos mais utilizados no mundo da ficção e como estes podem ser ofensivos.

No site dela você encontra até mesmo a monografia “I’ll Make a Man Out of You”: Redefining Strong Female Characters.

Uma vez que você ouve Anita falar tão apaixonadamente sobre feminismo e cultura pop, você não consegue voltar atrás.

Nem Fudendo

No livro O Herói de Mil Faces, Joseph Campbell apresenta os 12 passos pelos quais o herói passa em sua jornada. Um deles é o chamado à aventura, aquele momento que o herói tem que tomar uma decisão: ou vai, ou racha.

Claro que na ficção, não importa o quão absurdo seja o desafio, o herói vai aceitá-lo, mas existem aqueles que você, espectador, olha e pensa: “não vou nem fudendo”. Nos filmes, geralmente esse ponto de virada surge por volta dos 30 minutos.

Pensando nisso, Bruno Peixoto, um cineasta mineiro, fez o vlog Nem Fudendo, onde faz análises muito ricas sobre suas obras favoritas. Um dos melhores episódios é o de Black Swan. Se você não foi convencido por esse post, certamente assistir ele falando sobre o filme de Darren Aronofsky vai te fazer virar fã.

The Lizzie Bennet Diaries

Quando Jane Austen escreveu Orgulho e Preconceito, ela contava da juventude de seu tempo e suas angústias. Parte da genialidade desse livro está no fato de que a história não envelhece e jovens de épocas diferentes conseguem se identificar com Elizabeth Bennet.

Imagino que pensando nisso, Hank Green e Bernie Sue começaram o projeto The Lizzie Bennet Diaries,  uma adaptação contemporânea da obra para o formato de vlog. Nele, a jovem Elizabeth conta para sua câmera todos os debates e polêmicas de sua vida.

A ideia funciona muito bem, as mudanças são apresentadas de uma maneira orgânica e depois dos primeiros minutos você nem sente falta do sotaque britânico.

Parte disso se deve ao carisma de Ashley Clements. A atriz escolhida para interpretar Lizzie é divertidíssima, carismática, extremamente expressiva e te faz ficar do outro lado dizendo: “Eu sei, eu sei. Eu sinto isso”.

Tire um tempo do seu dia e compartilhe seus sentimentos com Lizzie Bennet.

The Flog

Mais uma vez a bela Felicia Day aparece em uma de nossas listas (já é de casa quase). Em seu novo canal Geek & Sundry, Felicia mantém um vlog chamado The Flog que junta fofura com informação – como era de se esperar. Lá ela fala de tu-do, registrando suas experiências com um entusiasmo contagiante.

Se você conhece a Felicia de The Guild ou Dragon Age: Redemption, você vai adorar conhecer seu lado mais “real life”, que é tão cativante quanto o da ficção.

 

Bro Team Pill

“Video game reviews for the modern intellectual.” Assim se descrevem os membros do Bro Team Pill. Esse vlog machão do canal Machinima é isso e mais.

Os gamers se juntam para jogar e gravam suas impressões de uma meneira épica e cheia de humor. Para aqueles não muito acostumados com o mundo dos games, sugiro que assista o vídeo do The Lord of The Rings Online.

VlogBrothers

Tudo começou em 2007, quando os irmãos John e Hank Green decidiram fazer o projeto Brotherhood 2.0. Nele, o objetivo era manter contato durante todo o ano usando vídeos. Através de um bate-papo interessante, acabaram indo além do esperado e atraindo uma grande comunidade nerd, fundando assim a Nerdfighteria. Quando o ano chegou ao fim, decidiram então continuar fazendo vídeos, atraindo cada vez mais seguidores e mantendo assim o sucesso.

Os irmão lançaram recentemente canais separados. Hank Green fala de ciência de um modo geral no SciShow e John Green divide espaço com seu irmão no Crash Course of World History, sendo o responsável por falar de história, enquanto Hank fala de biologia.

Geeks, esse é um dos vlogs que mais vale a pena. Se eu pudesse separava todo o meu dia só para eles.

 Então, o que acharam da nossa lista? Acha que faltou algum? Comente, fala com a gente!

 

Deixe um comentário